Realmente existe uma grande expectativa por parte dos candidatos acreditarem que serão chamados para preencher a tal vaga só por terem sido chamados para uma entrevista.

Mas, a verdade é que nenhuma empresa tem a obrigação de aprovar esse ou aquele candidato. Um entrevistador deve aprovar os que possuem a maior quantidade de requisitos para a função que irão ocupar.

Nunca receber uma resposta pela empresa pode não ser muito bem visto por parte dos candidatos, mas tanto o entrevistador quanto a empresa podem levar o tempo que acharem necessário até decidirem por quem irá ocupar uma vaga e é um erro por parte do candidato em querer receber uma resposta imediata da empresa. Empresas que realizam processos recorrentes nem sempre possuem tantas vagas disponíveis assim. Às vezes os processos acontecem para possibilidades futuras e isso explica a demora na resposta.

Por outro lado, sempre há outros candidatos concorrendo à mesma vaga e isso deve ser levado em consideração pelo candidato porque certamente o é pela empresa. Sendo o preenchimento de uma posição na empresa algo que exige bastante responsabilidade do entrevistador, a escolha precisa ser a mais correta possível e isso também leva tempo.

No mercado de academias, apesar do alto turnover principalmente nas posições comerciais, o tempo de demora normalmente é mais curto do que em outros mercados porque vagas que não sejam de área técnica normalmente são preenchidas por profissionais de outros setores também é esse contingente é muito maior e, portanto, maior oferta de profissionais.

Agora, se um candidato nunca é chamado para uma entrevista vale rever sua carreira e história profissional.

Será que está pleiteando algo que verdadeiramente tenha a ver com sua trajetória?

Será que sua experiência colabora com as necessidades da empresa?

Será que suas atitudes estão adequadas para quem está buscando uma recolocação?

O que faz com que nunca seja chamado para entrevistas?

Só há uma situação que permite a um candidato a emprego exigir uma resposta de um processo seletivo:

Ser um especialista muito, mas muitíssimo raro de se encontrar no mercado.

 

Gostou? Deixe um comentário!

Não gostou? Deixe mesmo assim!

Não deixe de nos seguir nas nossas redes sociais…

Um abraço
Cris Santos